quarta-feira, 4 de maio de 2011

Senador Canedo ganha Diretoria de Igualdade Racial

A cidade de Senador Canedo vai ganhar em breve um departamento específico dentro da administração municipal voltado ao desenvolvimento de políticas públicas direcionadas aos negros, homossexuais e minorias. A Nova Diretoria de Igualdade Racial já está em atividade, sendo vinculada à Secretaria de Assistência Social e Atenção à Mulher (Semasam). Entretanto, para que o projeto seja implantado definitivamente, ainda é necessária a aprovação pela Câmara de Vereadores.

Mesmo estando em processo de formatação, a diretoria já se tornou conhecida entre as autoridades que atuam no segmento. Em abril a cidade recebeu a visita da secretária estadual de Combate ao Racismo, Isabel Cristina, que veio oferecer seu apoio a iniciativa. Na ocasião ela parabenizou o prefeito Túlio Sérvio e a titular da Semasam, Marcelita Manze, como conta a atual diretora de Igualdade Racial, Carla Rosa Nunes.

De acordo com Carla, o projeto, que foi criado em âmbito municipal, chamou a atenção das autoridades estaduais. Mesmo antes da implantação de um departamento específico, atividades relacionadas à cultura africana já vinham sendo realizadas pela Semasam, por meio da Diretoria de Atenção à Mulher. As ações, entre elas as oficinas de colares, penteados, e os grupos de dança afro, tinham como objetivo trabalhar a autoestima da mulher negra.

Com a mudança essas políticas serão ampliadas de modo a atender todos os cidadãos. De acordo com Carla, as novas ações serão definidas com base nos anseios da própria população. "Não vamos lançar um projeto sem saber o que o nosso público realmente necessita. As atividades serão direcionadas, teremos um alvo, e a partir desse alvo a gente estende para toda a comunidade".

Entre as atribuições do departamento também está a fiscalização da lei 10.639 de 2003, que define como obrigatório o ensino da história e da cultura afro-brasileira nas instituições de Ensino Fundamental e Médio do Brasil. Carla ressalta que esse conhecimento é um dos princípios da diretoria. "Muitas pessoas ainda não sabem qual é sua raça, sua cor, elas não são informadas. Quando o senso bate na porta ela não sabe definir a etnia a que pertence".

Além de promover a valorização da cultura, incluindo o resgate das danças e manifestações religiosas, a diretoria também será atuante na defesa dos direitos. "A promoção da igualdade não trabalha só no combate ao racismo, ela atua em diversas áreas. O que buscamos é o respeito mútuo. Isso é uma questão de cidadania", afirmou Carla, citando uma declaração do prefeito Túlio Sérvio.

prefeitura:Senador Canedo

Nenhum comentário:

Postar um comentário