domingo, 27 de junho de 2010

Após 60 anos, mãe e filho se reencontram em Senador Canedo



Um encontro que esperou 60 anos para acontecer emocionou a cidade de Senador Canedo nessa quinta-feira (24). Maria Luzinete Torres Fonseca, de 85 anos, teve a oportunidade de abraçar novamente seu filho graças à ajuda da internet e do banco de dados da Secretaria Municipal de Assistência Social e Atenção à Mulher (Semasam).

O drama da mãe começou na década de 50, quando ela se separou de Ari dos Santos Fonseca. Na época, o marido foi embora de casa levando Reinaldo, o filho do casal de apenas dois anos de idade. A família, que residia no município paulista de Ribeirão Preto, perdeu completamente o contado. Desde então, a mãe buscava notícias sobre o paradeiro do menino.

No início dos anos 90, Ari faleceu, tornado o reencontro entre mãe e filho ainda mais difícil. Maria Luzinete passou a viver em Senador Canedo, onde reconstruiu sua família. As esperanças de rever o filho quase cessaram quando, há pouco mais de 10 anos, ela fraturou o fêmur e perdeu o movimento das pernas. Pouco tempo depois, um acidente vascular cerebral complicou ainda mais o seu quadro de saúde. Mesmo com a sequência de problemas, Maria alimentava o sonho de não morrer antes de reencontrar seu primogênito, mesmo tendo que conviver com a morte do filho mais novo, de 55 anos, carinhosamente apelidado de Chiquinho.

Então, coube à neta Patrícia de Souza Torres a busca por Reinaldo. Ela tentou de tudo. Fez pesquisas pela internet, procurou informações em outras cidades e até escreveu cartas relatando o drama da avó a diversos programas de televisão.

Sem qualquer resposta sobre a localização do tio, a jovem continuou apostando no poder da internet. E, dessa vez, não se decepcionou. A carta, que foi enviada para as emissoras de São Paulo e do Rio de Janeiro, foi parar em um fórum on line. E, a partir daí, o tempo se encarregou de dar um desfecho feliz a essa história.

Na segunda-feira (21), em suas primeiras investidas no mundo virtual, Reinaldo digitou o nome da mãe em um conhecido site de busca. Para a sua surpresa, encontrou o texto de Patrícia. Todas as informações que sempre procurou estavam diante dos olhos do filho de dona Maria Luzinete, na tela de um computador. Foi, nesse momento, que ele entrou em contato com a Prefeitura de Senador Canedo, que localizou o paradeiro da senhora graças ao atualizado banco de dados da Semasam.

Acompanhado do filho mais velho, Reinaldo desembarcou no aeroporto de Goiânia e foi recebido por uma equipe enviada pelo prefeito Túlio Sérvio. A casa da neta Patrícia, que fica no Conjunto Morada do Morro, foi palco desse momento especial. A mãe - serena, lúcida e muito emocionada - reconheceu no visitante a criança que lhe foi tirada há 60 anos, recitou-lhe poesias de seus primeiros anos de vida, lembrou dos dias de angústia e cantou-lhe as canções dos anos de saudade. Reinaldo, igualmente emocionado, só conseguia explicar sobre a falta que a mãe lhe fez e falar da existência de cada membro da família constituída em Ribeirão Preto.

Dessa vez, o neto de Maria voltará sozinho para casa. O filho ficará mais tempo ao lado da mãe, que, apesar da longa e dolorida ausência, mantém o humor e as lembranças da juventude. A partir de agora, a família reconstituída terá tempo para se conhecer e se reconhecer, podendo compensar uma vida inteira de sofrimento.

fonte:site da prefeiura de Senador Canedo.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Senador Canedo ganha batalhão da Polícia Militar

Será na terça-feira (22), a partir das 10 horas, a solenidade que vai elevar a 17° Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) de Senador Canedo ao status de batalhão. O evento vai acontecer na sede da companhia e será acompanhado pelo comandante geral da PM do estado de Goiás, Coronel Carlos Antônio Elias, pelo prefeito Túlio Sérvio e por representantes da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

O 27° Batalhão da Polícia Militar representa uma conquista para a cidade, que passará a constar entre os centros de comando de segurança pública no Estado. Atualmente a unidade conta com um efetivo de 150 homens, responsáveis pelo policiamento nos municípios de Senador Canedo, Caldasinha, Bonfinópolis e Bela Vista de Goiás.

Para possibilitar a mudança na unidade, que fica localizada no setor Morada do Morro na região Central, a prefeitura realizou uma ampla reforma no prédio. As modificações estruturais eram necessárias para que o batalhão pudesse incorporar novos policiais. De acordo com o Tenente-Coronel Aylon José de Oliveira, comandante da PM no município, a unidade vai receber o reforço assim que for realizado o próximo concurso da instituição. A quantidade ainda não foi definida, mas o aumento do efetivo deverá contribuir consideravelmente para a redução da criminalidade na região.

site:prefeitura de Senador Canedo

segunda-feira, 21 de junho de 2010

justiça ja casou mandato de 100 prefeitos eleitos em 2008 diz tse

rregularidades de campanha já levaram a Justiça Eleitoral a cassar o mandato de pelo menos 100 prefeitos que conquistaram o comando do Executivo nas últimas eleições municipais de 2008. Levantamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostra que eleitores de 24 estados já trocaram ou ainda vão trocar os novos prefeitos até 13 de junho deste ano.

De acordo com a legislação eleitoral, quando o registro do candidato ao Executivo é cassado, os votos dados a ele são anulados. Dessa forma, se o candidato conseguiu mais de 50% dos votos válidos já no primeiro turno, o segundo colocado não pode assumir a vaga. A eleição é anulada e é marcado um novo pleito pelo Tribunal Regional Eleitoral do respectivo Estado.

De todas as únidades da Federação que terão eleições, Minas Gerais já teve 21 prefeitos cassados e é o estado com maior número de eleições contestadas na Justiça. Segundo o TSE, os números de Minas se explicam porque o estado é a unidade da Federação que possui o maior número de municípios: 853. São Paulo tem 645 cidades, e já marcou novas eleições em cinco cidades.

Em 5 de outubro de 2008, foram eleitos os prefeitos de 5.563 cidades brasileiras. Das 100 cidades que tiveram o candidato eleito cassado, o levantamento do TSE mostra que nove ainda vão escolher o novo chefe do Executivo municipal. Nesses municípios que ainda aguardam a nova votação, cabe ao presidente da Câmara de Vereadores o papel de governar.

De todos os estados, os únicos que ainda não registraram problemas foram Amapá e Ceará. O Distrito Federal não tem eleições municipais. Segundo o TSE, as duas primeiras eleições provocadas pela cassação de prefeitos foram realizadas ainda em 2008. “A primeira foi em 14 de dezembro em Ananás (TO) e a segunda em Malhador (SE), no dia 21 do mesmo mês”, diz o TSE.

Algumas eleições marcadas pelos Tribunais Regionais Eleitorais foram suspensas pelo TSE. Na última quarta-feira (28), o ministro do TSE Marco Aurélio Mello suspendeu a nova votação na cidade pernambucana de Itapororoca. O magistrado decidiu aguardar o julgamento do caso no TSE. A eleição estava marcada para ocorrer dia 16 de maio.

Confira os estados e o número de municípios que registraram novas eleições

Estado/Municípios
1. Minas Gerais – 21
2. Tocantins – 8
3. Alagoas – 6
4. Maranhão – 6
5. Piauí – 6
6. Santa Catarina – 6
7. Paraná – 5
8. São Paulo – 5
9. Bahia – 4
10. Amazonas – 3
11. Goiás – 3
12. Paraíba – 3
13. Pernambuco – 3
14. Rio Grande do Sul – 3
15. Sergipe – 3
16. Acre – 2
17. Mato Grosso – 2
18. Mato Grosso do Sul – 2
19. Pará – 2
20. Rio Grande do Norte 2
21. Roraima – 2
22. Espírito Santo – 1
23. Rio de Janeiro – 1
24. Rondônia – 1

blog do Alexandre Braga