quinta-feira, 18 de março de 2010

Cresce a força de Vanderlan como candidato da Nova Frente

Cotado para assumir o posto de candidato ao governo do Estado pela Nova Frente, liderada pelo governador Alcides Rodrigues (PP), o nome do prefeito de Senador Canedo, Vanderlan Vieira Cardoso (PR), tem ganhado força nos últimos dias. Ontem o presidente regional do PR, deputado federal Sandro Mabel, declarou que, oficialmente, o prefeito já é o nome do partido para concorrer à vaga. “Vanderlan será o próximo governador do Estado”, aposta.

Enquanto a candidatura do prefeito Iris Rezende (PMDB) perde força, por conta de sua indecisão a respeito da disputa, Vanderlan é elogiado por aliados e apontado como fato novo no cenário político do Estado, como ocorreu com o senador Marconi Perillo (PSDB) em 1998, na disputa contra Iris. Presidente da Goiás Turismo e coordenador da chapa alcidista, Barbosa Neto (PSB) acredita que este é, inclusive, o maior trunfo de Vanderlan para a campanha. “Pesa muito essa questão de fato novo. Mas além disso, ele reúne todos os atributos para uma boa candidatura.”

Site: Jornal O Cidadão

Vanderlan, que é prefeito reeleito, disse que a decisão do PR foi repassada ao governador ontem, durante reunião para tratar de assuntos relacionados a Senador Canedo. “Além disso, conversamos durante muito tempo a respeito da formação da chapa da Nova Frente. Demonstrei minha disposição em disputar a eleição e ele mostrou bastante satisfação”, avaliou. Alcides já tinha declarado, em entrevista na última quarta-feira, que Vanderlan é um nome forte dentro da Nova Frente. “É um nome novo, um homem que tem história administrativa”, disse o governador.

Vanderlan contou ainda que tem conversado com o deputado federal Ronaldo Caiado (DEM) e o senador Demóstenes Torres (DEM), e que as discussões têm sido positivas. Embora continue afirmando que não fala em aliança antes de 3 de abril, Demóstenes derramou elogios ao prefeito. “Vanderlan é uma novidade espetacular, e de muita coragem. É um excelente administrador, de imenso caráter, muito simpático, uma grande figura. Tem o nosso respeito e todas as grandes qualidades necessárias para a disputa”, acredita. “Quanto a alianças, não movemos uma palha antes de 3 abril (prazo final para a desincompatibilização)”, emendou.

Vanderlan se diz “otimista com o desafio”. De acordo com ele, o PR cotava o nome de Mabel para representar o partido na disputa pelo governo, mas acabou entrando em consenso em torno de seu nome. Mabel, como o vice-governador Ademir Menezes (PR), disputará vaga para a Câmara Federal. A decisão do partido é anunciada dois dias após a publicação da pesquisa Ibope, que apontou Mabel com apenas 3% das intenções de voto.

Para Barbosa, o prefeito de Senador Canedo é hoje, entre os nomes levantados na Nova Frente, o que tem melhor perfil para candidatar-se. “Hoje, é o nome que se enquadra no perfil que procuramos. Seu trabalho em Senador Canedo depõe a favor de sua candidatura ao governo e mostra que é um excelente gestor. É um nome que merece todo o respeito do PSB”, elogiou. Além de Vanderlan, o secretário de Segurança Pública, Ernesto Roller (PP), e o deputado Ronaldo Caiado também são cotados para disputar o cargo pela Nova Frente.

A expectativa de aliados da Nova Frente é de que o anúncio oficial do nome que disputará o governo saia no final do mês. “Mas pode até sair antes. Depende das conversas que estamos finalizando com os partidos, com seus dirigentes. As negociações estão avançadas”, admite Vanderlan. Segundo ele, ainda não há conversas a respeito do candidato a vice-governador, mas a escolha deve ser realizada entre os partidos que compõem a chapa. O apóstolo César Augusto (PR) pode ser um dos nomes para o Senado

Nenhum comentário:

Postar um comentário