segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Sobe para seis o número de jovens desaparecidos em Luziânia

Sobe para seis o número de jovens desaparecidos misteriosamente em Luziânia (GO), cidade próxima a Brasília. Um rapaz de 19 anos saiu de casa na sexta-feira (22) e até agora não voltou. A Polícia de Goiás já investigava o caso de cinco jovens que começaram a desaparecer a partir do dia 31 de dezembro do ano passado.

No bairro Parque Estrela Dalva, onde todos moravam, não se fala em outra coisa. Quase um mês depois do primeiro sumiço, os casos ainda são um mistério. Os moradores estão assustados. Muitos chegaram a mudar a rotina da família.

A polícia de Goiás afirma que os casos viraram prioridade. O delegado já falou em várias hipóteses: como tráfico de órgãos, ritual satânico. Agora trabalha em três linhas de investigação. Só revela duas: que os jovens tenham sido seqüestrados para trabalho escravo, e agora, não descarta a possibilidade deles terem fugido de casa.

Sirlene é mãe de um deles, de 17 anos, que sumiu no dia 10 de janeiro, não acredita que o filho tenha fugido de casa.

A polícia afirma que recebeu informações de que os jovens podem estar em Brasília. Dois teriam sido vistos nas redondezas da Rodoferroviária, área central, e do Sudoeste, área nobre da capital, e um outro teria seguido para o interior do Goiás, depois de saber da repercussão do caso.

O filho de Marisa, 16 anos, desapareceu no último dia 13. Ela reclama do trabalho da polícia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário