sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

FUTEBOL: Goianão 2010 - Cidadania em Campo

O Campeonato Goiano de Futebol Profissional da Primeira Divisão, edição 2010 terá início no próximo dia 17, quando todas as equipes estarão em ação disputando palmo a palmo a luta pelo título e para fugir ao rebaixamento daquele que promete ser o campeonato mais emocionante de todos os tempos em Goiás.
Embora o torcedor esteja de antenas ligadas ao que ocorre com as equipes, principalmente a que representa sua cidade, a diretoria da Federação Goiana de Futebol (FGF) vive o momento mais turbulento da competição preocupada com a entrega em tempo hábil, por parte das equipes, de toda documentação relativa ao indispensável para que a bola possa rolar quais sejam, laudos de vistorias e liberação dos estádios pelo Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária e Polícia Militar e CREA, sem os quais o estádio não será liberado para realização de jogos e cujo prazo se esgotará dia 08, sexta-feira próxima.
Também, há o acúmulo de atendimentos quanto a inscrições e transferências de jogadores que se encerra dia 12, para que os atletas estejam aptos em participar da primeira rodada do campeonato.
Tanto a Federação Goiana de Futebol quanto os clubes, terão que estar atentos e seguir rigorosamente o que determina o Estatuto do Torcedor, para não incorrer em falhas e sofrer sanções que podem ser inclusive pecuniárias.
Este ano, o enfoque do campeonato goiano será para o tema cidadania, com o torcedor participando da doação de sangue aos necessitados e a Federação fazendo entrega de cestas básicas além de estar focada no projeto “Torcedor do Futuro”, que é a participação de crianças até 12 anos nos jogos, através das escolas numa parceria que promete a formação do torcedor consciente para o amanhã.
Outro aspecto que merece registro é que, conforme determinação do Governador, Dr Alcides Rodrigues, a venda de bebida alcoólica está liberada em todos os estádios do Estado de Goiás.

COMENTÁRIO:
Creio que os prazos para entrega de laudos de vistorias e liberação dos estádios deveria ser feito com maior antecedência, ou seja, 17 de dezembro, 30 dias antes do início da competição bem como as inscrições de atletas para participar da primeira rodada do campeonato.
A Federação Goiana de Futebol, que diga-se a verdade, vem realizando um ótimo trabalho deveria ser um pouco mais exigente com os clubes não dando margem para que tudo seja feito em cima da hora, como aconteceu em 2008, com o estádio Plínio José de Souza, em Senador Canedo, tendo os serviços de iluminação, colocação de arquibancadas móveis e limpeza geral sendo concluídos horas antes do jogo noturno entre Canedense X Itumbiara, cujos trabalhos precisei até ao final.

Nenhum comentário:

Postar um comentário