quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Delegacia da Mulher inicia operações até março

Já está em andamento o projeto que prevê a instalação da primeira especializada no atendimento a casos de violência contra a mulher, a criança e o adolescente de Senador Canedo. A delegacia deve ser inaugurada entre os meses de fevereiro e março e vai oferecer estrutura diferenciada para cuidar com mais rapidez e eficiência dos casos de violência doméstica que envolvem mulheres, crianças, adolescentes e também idosos.

O prédio que vai abrigar a nova delegacia ainda está sendo definido pela Polícia Civil e pela administração municipal. O imóvel será totalmente reformado e adaptado pela Prefeitura. De acordo com titular da nova delegacia, Bianca Melo Cintra “é grande o empenho da Polícia Militar, do prefeito Vanderlan Cardoso e da primeira-dama Izaura Cristina Cardoso para que a unidade entre em atividade o mais breve possível.

Realidade

Na maioria dos casos, a violência contra a mulher acontece dentro do ambiente familiar. Isso faz com que muitas delas tenham receio de denunciar seu agressor. Uma delegacia especializada deve oferecer ambiente diferenciado, que faça com que a vítima se sinta acolhida e motivada a reverter essa situação.

Atualmente, os casos de violência contra a mulher, crianças e adolescentes são registrados pela delegacia de Polícia Civil. Devido ao grande número de ocorrências, a distrital encontra dificuldades em atender todos os casos. O município, a exemplo do que ocorre em todo o País, tem registrado índices preocupantes de violência doméstica. Em média, são entre seis e oito ocorrências por dia. A nova delegacia vai auxiliar não apenas no atendimento à mulher que sofre agressão, mas também contribuir para desafogar o atendimento na delegacia geral.

Município

Hoje, Senador Canedo dispõem de um departamento responsável pela defesa dos direitos e pelo atendimento à mulher vítima de violência. Trata-se da Diretoria de Atenção à Mulher, um dos braços da SEMASAM. O órgão promove uma série de ações que visam combater a prática de agressões físicas e psicológicas, além de garantir o direito à cidadania.

A Diretoria de Atenção à Mulher realiza periodicamente palestras educativas em escolas, igrejas e associações de bairro, alertando as mulheres sobre seus direitos e informando sobre como agir em caso de violência. Aquelas que denunciam a agressão são atendidas e recebem toda assistência jurídica e psicológica necessária.

De acordo com a diretora Ana Maria Emos, uma das causas que levam ao silêncio das mulheres que sofrem agressão doméstica é a dependência financeira de seus agressores. Buscando reverter esse quadro a Diretoria disponibiliza diversos cursos profissionalizantes.

Os cursos são oferecidos em parceria com o Centro de Referência em Assistência social (CRAS) e com a ONG Vitória Rhégia nas modalidades de camareira, empregada doméstica e inclusão digital. Somente o curso de inclusão digital atende 95 mulheres por dia em duas turmas. A última formatura dos cursos profissionalizantes foi realizada no mês de dezembro de 2009, quando 250 alunas receberam seus diplomas.

Site:Prefeitura de Senador Canedo

Nenhum comentário:

Postar um comentário