quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Autorizadas novas Unidades de Pronto Atendimento em Goiás

O Ministério da Saúde autorizou a estruturação de cinco novas Unidades de Pronto Atendimento - UPAs para Goiás. Com a autorização o Estado passa a contar, até o final deste ano, com 26 unidades especializadas em assistência médica pré-hospitalar em 21 municípios, todas elas dotadas de sala de reanimação, consultórios, salas de diagnóstico e observação clínica.

A secretária da Saúde, Irani Ribeiro de Moura, destaca que a autorização das cinco novas UPAs vai possibilitar o avanço do processo de descentralização do atendimento dos casos de urgência no Estado. Irani Ribeiro enfatiza que o Ministério da Saúde aprovou na íntegra o projeto feito pela Secretaria da Saúde de construção das 21 unidades, e ainda autorizou a estruturação de mais cinco UPAs. A instalação de todas as 26 unidades está prevista no orçamento de 2009 do Ministério da Saúde.

As UPAs são unidades de saúde dotadas de condições técnicas e corpo clínico para prestar à comunidade assistência médica imediata nos casos de urgência de menor gravidade. Além de garantir a descentralização da assistência médica e o atendimento mais rápido dos casos urgentes de menor complexidade, as UPAs contribuem para o resgate do perfil dos Hospitais de Urgências, como os instalados em Goiânia, Aparecida de Goiânia e Anápolis.

As 26 Unidades de Pronto Atendimento serão instaladas em Goiânia, Aparecida de Goiânia, Planaltina de Goiás, Novo Gama, Porangatu, Ceres, Anápolis, cidade de Goiás, Iporá, Rio Verde, Caldas Novas, Itumbiara, Pirenópolis, Senador Canedo, Formosa, Luziânia, Cidade Ocidental, Cristalina, Santo Antonio do Descoberto, Águas Lindas e Valparaíso.
Mais informações: (62) 3201-3811

Nenhum comentário:

Postar um comentário