quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Depois de roubo aos deputados ROTAM volta as ruas

A Ronda Ostensiva Tática Metropolitana (Rotam) está de volta às ruas com patrulhamento 24 horas. O comunicado foi feito pelo comandante-geral da Polícia Militar, coronel Carlos Antônio Elias, na manhã de ontem, quando a tropa de elite recebeu nove viaturas novas. A portaria que limitava horário de atividade da Rotam das 7 à 1 hora foi revogada. Agora, a Rotam retorna às ruas em tempo integral com reforço e autorizada a fazer abordagens diante de ações suspeitas. Efetivo da Rotam terá aumento de 50%.

Reportagem do DM mostrou na edição de quinta-feira (26) que população goianiense aprova a medida. Enquete apontou que 85% dos entrevistados gostariam que a Rotam voltasse a ter presença ostensiva. A enquete ouviu 20 pessoas. “A Rotam nunca deixou as ruas, sempre esteve à disposição da comunidade e não será diferente. Agora, ela está pronta para agir 24 horas, onde e quando for necessário. A volta reflete o reconhecimento da comunidade ao serviço prestado”, declarou o comandante-geral da Polícia Militar em Goiás, coronel Antônio Carlos Elias.

O comandante pontua que a Rotam é treinada para entrar em ação em casos de alto risco, como roubo a banco e assaltos. Ele defende que não há indicador de aumento na criminalidade em Goiânia, e que a presença da Rotam no patrulhamento 24 horas vai assegurar esses resultados. “A violência não está em alta. Desde que assumi o comando, os números têm reduzido significativamente”.

A efetividade da tropa de elite é um dos meios apontados por autoridades e pela própria população para reduzir o crime na Capital. Cada viatura – Blazer adaptada para a Rotam – custou R$ 76.500,00. O valor dos nove veículos entregues ontem somou R$ 688.500,00. Os carros foram adquiridos com verbas do Fundo Estadual de Segurança Pública (Funesp). Os recursos são oriundos dos cofres do Estado.

Secretário de Segurança Pública, Ernesto Roller disse que o grupo volta a atuar 24 horas reaparelhada. “A Rotam nunca parou de trabalhar. Agora com viaturas novas e armamentos suficientes.” Secretário da Fazenda, Jorcelino Braga participou da solenidade de entrega dos veículos e afirmou que não faltarão recursos à Segurança. “O governo passou por turbulências e teve que reorganizar as finanças. Mas todos os pleitos da Segurança são atendidos.”

Dois cursos para preparação de soldados para a Rotam serão abertos em setembro. Segundo o comandante da tropa, major Renato Brum, o efetivo será ampliado em 50%.

Concurso para 1.450 vagas na Polícia Militar

O comandante da Rotam, major Renato Brum, diz que a postura do grupo não muda. Afirma que a tropa continuará sendo um grupo especializado para atuar em ocorrências de maior complexidade; no entanto, poderão cumprir as funções de policiamento comum, enquanto não houver chamadas para casos que necessitem da presença deles. Ele avalia que os novos veículos trazem melhora significativa nos serviços. “A tropa está motivada. Temos todo armamento e equipamentos necessários.”

Concurso

O secretário de Segurança Pública, Ernesto Roller, anunciou, ainda para este ano, concurso para a admissão de 450 oficiais e mil praças da Polícia Militar. Outro reforço será o aproveitamento de militares da reserva. “Vamos buscar o profissional da reserva para realizar serviços burocráticos e administrativos.”

blog do Alexandre Braga

Nenhum comentário:

Postar um comentário