sábado, 15 de agosto de 2009

Pesquisa para governador: Iris lidera e Marconi está em segundo, em Goiânia

Escrito por Altair Tavares Radio730

A Rádio 730 sai mais um vez na frente e divulga com exclusividade a primeira pesquisa de intenção de voto para governador do Estado de Goiás, em 2010. O levantamento é uma parceria entre a Rádio 730, jornal Tribuna do Planalto, sob responsabilidade técnica da empresa Fortiori. O universo da pesquisa é a população de Goiânia, portanto, reflete a opinião do eleitor da capital.
Na pesquisa espontânea o prefeito de Goiania, Iris Rezende, teve 27,5 % das intenções de voto contra 11,2% do senador Marconi Perillo. O presidente do Banco Central, Henrique Meireles vem em terceiro com 2,8% seguido do prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela que tem a preferencia de 1% do eleitorado de Goiânia.

> Na espontânea, Íris é primeiro e Marconi é segundo. Veja o potencial de crescimento de cada candidato
> Estimulada e cenários: em Goiânia, Íris lidera com folga.
> Gestão Íris tem 82,7% de aprovação. Para o goianiense, o prefeito de sair para disputar
> Metodologia da pesquisa.


49,1% dos eleitores consultados estão indecisos ou não sabem em quem vão votar. 5,3% votariam nulo e em branco. A pesquisa foi realizada de 10 a 13 de agosto com 607 entrevistas.
Confira abaixo todos os dados do levantamento espontâneo e estimulado.

ESPONTÂNEA:


No ano que vem, haverá eleição para governador. Se a eleição fosse hoje, quem você gostaria que fosse eleito governador de Goiás?
Indeciso/Não sabe: 49,1%
Íris Rezende: 27,5%
Marconi Perillo: 11,2%
Nulo/Branco/Nenhum: 5,3%
Henrique Meirelles: 2,8%
Maguito Vilela: 1%
Alcides Rodrigues: 0,8%
Lúcia Vânia: 0,7%
Pedro Wilson: 0,7%
Barbosa Neto: 0,5%
Demóstenes Torres: 0,3%
Ademir Menezes: 0,2%

ESTIMULADA:


Se os candidatos forem esses, em qual você votaria para governador de Goiás se a eleição fosse hoje?
Íris Rezende: 54,7%
Marconi Perillo: 25,%
Henrique Meirelles: 8,2%
Washington Fraga: 0,3%
Indeciso/Não sabe: 4,8%
Nulo/Branco/Nenhum: 6,4%

Nenhum comentário:

Postar um comentário