quarta-feira, 4 de março de 2009

Goiás inicia luta por sonhado título




Durante a campanha à sucessão no Goiás, no ano passado, o presidente do clube, Syd de Oliveira Reis, disse que uma das metas de sua gestão seria a conquista de um título nacional. O discurso não é diferente de dirigentes anteriores e, a partir de hoje, começa a ser colocado à prova, pois o Goiás inicia mais uma participação na Copa do Brasil.
O alviverde estreia em Boa Vista, capital de Roraima, às 21h30 (horário de Brasília), contra o Atlético Roraima, time campeão daquele Estado no ano passado e que não disputa um jogo oficial desde 28 de junho de 2008.
A intenção do time esmeraldino é obter bom resultado fora de casa – caso vença o jogo por dois ou mais gols de diferença, conquista antecipadamente a vaga à próxima fase sem a necessidade da partida de volta, em Goiânia. Este critério é válido, na Copa do Brasil, para a 1ª e a 2ª fases para os times visitantes.
Antes da viagem para a capital roraimense, jogadores e o técnico Hélio dos Anjos evitaram projeções sobre a possibilidade de o alviverde garantir antecipadamente a passagem à 2ª fase. Caso se classifique, o clube receberá um bônus de R$ 200 mil, conforme cota estabelecida pela CBF.
O técnico Hélio dos Anjos não terá hoje o meia Romerito, com dores na coluna, e o volante Everton, suspenso. O zagueiro Valmir Lucas será mantido no lugar de Gomes e Leandro Euzébio retorna à zaga. Outra novidade será a volta do atacante Felipe, poupado na vitória contra o Anápolis por 3 a 2. Felipe é artilheiro do Goianão com oito gols.
Após as contusões dos atacantes Wendell, Jonhanthan e Anderson Gomes, o clube deve buscar mais um jogador de ataque, mas a diretoria não revela nomes.
O Goiás nunca enfrentou o adversário, mas vai precavido para não ser surpreendido, como nas edições anteriores da competição, quando foi eliminado por equipes teoricamente mais fracas.
Lembranças
Nesse sentido, as lembranças da equipe no Norte do País não são as melhores. A primeira decepção do time foi diante do Remo (PA), em 1992, quando caiu na 1ª fase – empate por 0 a 0 e derrota por 1 a 0. Outro revés se deu em 1997, ano em que caiu na 1ª fase no confronto diante do Rio Branco (AC) – o alviverde perdeu por 1 a 0 fora e venceu por 2 a 1em Goiânia e foi eliminado no critério de gols marcados fora.
Outras eliminações inesperadas se deram contra o Democrata (MG) em 1995 e o Londrina (PR) em 2001.Nos últimos anos, o Goiás parou nas oitavas-de-final contra o Palmeiras (2004), o Bahia (2007) e Corinthians (2008).
FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO RORAIMA: Bin; Gerson, Evandro, Thiago Jardim e Edmundo; Breno, Didi, Messi e Léo Cutia; Dudu e Robemar.
Técnico: Fábio Luiz.
GOIÁS:Harlei; Valmir Lucas, Leandro Euzébio e Ernando; Vitor, Amaral, Ramalho, Eduardo Ramos e Júlio César; Iarley e Felipe. Técnico: Hélio dos Anjos.
Local: Estádio Raimundo Ribeiro (Boa Vista/RR). Horário: 21h30 (de Brasília). Árbitro: Antônio César Negreiros Souza (AM). Assistentes: Basílio Monteiro da Silva (AM) e Jander Rodrigues Lopes (AM).

Nenhum comentário:

Postar um comentário