segunda-feira, 9 de março de 2009

Câmara de Senador Canedo não cumpriu o TAC

O promotor de justiça de Senador Canedo, Glauber Rocha, ingressou no juizado da vara de Fazendas Públicas, com ação de execução de obrigação de fazer, contra a Câmara Municipal de Senador Canedo alegando que o Legislativo não cumpriu o Termo de Ajuste e Conduta (TAC), para realização do concurso público da casa.

Na ação, ajuizada no dia 3 de março, o promotor Glauber Rocha, solicitou a concessão de medida liminar, determinando que a câmara de vereadores suspenda o concurso público e até que seja incluso no edital os cargos de procurador e de contador.

A promotoria também solicitou multa diária de R$ 1 mil até que as adequações sejam feitas, penalidade estipulada pelo TAC. O promotor Glauber Rocha fundamentou seu pedido com base no TAC pactuado pela Câmara Municipal e o Ministério Público firmado no dia 8 de dezembro de 2008.

Onde ficou acertado que o prazo limite para realização do concurso seria de 60 dias, a fim de preencher os cargos estabelecidos pela a Lei 1.364/08, bem como o de procurador e contador, conforme foi assinado pelo o ex-presidente Paulo Roberto (PPS). No TAC também foi acertado que a o processo de seleção seria encerrado no dia 4 de fevereiro deste ano.

Para o promotor a Câmara não cumpriu o TAC cumprindo apenas algumas partes do que foi acertado “A Câmara fracionou o concurso como se o TAC pudesse ser cumprido pela metade”, denunciou Glauber Rocha. Segundo o promotor a não adequação do concurso à legislação fere a emenda constitucional nº19/98 que impõe a execução dos serviços públicos com produtividade e economicidade. “Visamos à realização de um único concurso e não de dois como quer a Câmara”, alertou o promotor.

Histórico

Desde que foram abertas às inscrições para a seleção de funcionários o concurso vem sofrendo uma série de criticas por parte de Ministério Público, no mês passado o promotor Glauber Rocha denunciou ao Hoje que o edital possuía vários pontos que deveriam ser corrigidos segundo promotor: faltou a divulgação devida, já que, o edital do concurso não foi divulgado nem mesmo no site da Câmara, o prazo de uma semana para inscrições era curto demais e a empresa Action contratada para realização das provas não tinha experiência na realização do concurso.

10 comentários:

  1. fiz a incrição e estou na luta aí tb. Qual é a fonte dessas informações, só por curiosidade?

    ResponderExcluir
  2. Foi vergonhoso o cartão resposta do concurso da Câmara, apenas uma folha xerocada de leitura manual, onde o candidato colocava o nº da inscrição e só, não colheram digital, não aceitaram acinatura na mesma. Um cartão resposta próprio para fraude, pois qualquer um dentro dessa instituição que deveria privar pela ética, poderá facilmente gabaritá-la e colocar o número do candidato que lhe pagar pela vaga ou beneficiar um parente ou aliado seu.

    Além do mais foi realizado o concuro sem o Cumprimento do TAC e sem observância devida ao edital, aplicando prova de matemática ao curso de Analista Legislativo o que não estava previsto no mesmo. Espero sinceramente que o Ilustre Promotor Clauber Rocha ou qualquer outro que estiver a par das irregularidades apresentada pela Camara Municipal de Senador Canedo faça valer suas prerrogativas como tal velando para uma concorrência justa e ética como reza nossa Costituição. PEÇO PELA ANULAÇÃO DO CONCURSO.

    ResponderExcluir
  3. fiz a prova, muito desorganizado. Nunca vi tanta bagunça, além de fiscais despreparados, já estava imaginando que iria ser deste estilo. Agora cartão de resposta sem código, sem nada e colocar o número de inscrição...rs. Só podia ser de cidade pequena mesmo. O mais engraçado foi o cartão de resposta, que entregou toda seriedade do concurso.
    ah "bom trabalho para aqueles reservaram suas vagas anteriormente a prova".
    Pra quem quiser anular essa prova é só ir no Ministério Público do estado de Goiás, em Goiânia. Com certeza irão anular.

    ResponderExcluir
  4. Realmente foi bagunçado mesmo. Nunca ví um concurso aonde não pedem nem a identidade para um candidato adentrar ao local de provas, qualquer gênio podia ir fazer em nome de outra pessoa. Tá tudo errado. Vou esperar o resultado só pra ver os parentes de vereadores entrando. E olha que até que eu sai bem na prova...

    ResponderExcluir
  5. Tiraram até o site da "Câmara de Senador Canedo" do ar depois do concurso. Oh malandragem!

    ResponderExcluir
  6. O site voltou ao ar no dia do gabarito definitivo. TODOS recursos que protocolei foram aceitos. Não sei se é bom, ou se fizeram isso apenas pra me deixar um pouquinho esperançoso. É aguardar pra ver...

    ResponderExcluir
  7. esta certo que o cartao resposta deixou muito a desejar mais se eu passei foi por merito meu.

    ResponderExcluir
  8. Até quando vão continuar sendo feitos de idiotas? Não estão vendo que os primeiros colocados nesse concurso são parentes dos vereadores? Levem isso a conhecimento do promotor Glauber Rocha.
    Se verificarem a maioria dos que tiveram desempate (os 50 primeiros) encontram-se os parentes dos vereadores,como os de sobrenome silva,correia,lima...
    Façam alguma coisa! Chega de sermos feitos de idiotas!

    ResponderExcluir
  9. Se não fizermos algo essa pouca vergonha vai continuar a se estender a todo concurso.Esse concurso tem que servir de exemplo para outros.Temos que agir.Não moro em Senador Canedo e quero que os que moram ai levem isso ao conhecimento do Promotor.Não podemos concordar com esse nepotismo às avessas.É nosso dever representar contra o concurso.

    ResponderExcluir
  10. Apesar de tudo, eu passei! Agora eu acredito na seriedade do concurso! Dois anos e meio só estudando para concurso, mas outros ainda virão, boa sorte a todos!

    ResponderExcluir