quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Mais de 700 mil trabalhadores ainda não sacaram o PIS

O prazo para retirar o benefício do atual exercício vai até 30 de junho.Benefício de R$ 465 está disponível nas agências do banco e lotéricas.
Do G1, em São Paulo
Tamanho da letra

A Caixa Econômica Federal informou nesta quarta-feira (4) que 724 mil trabalhadores com direito ao abono do PIS no atual calendário ainda não retiraram o dinheiro. Os valores já pagos, segundo a Caixa, somam R$ 5,08 bilhões, e o total de beneficiários é superior a 12,5 milhões.

O total de benefícios ainda não retirados, segundo a instituição, representa 5,47% da quantidade de pessoas que têm direito ao benefício. Em São Paulo, o número de benefícios não sacados é menor (3,44% do total, ou 107.390 trabalhadores).

Como sacar
O abono, de R$ 465, pode ser retirado nos caixas eletrônicos da Caixa, correspondentes do banco ou nas casas lotéricas com o Cartão Cidadão, desde que o beneficiário informe sua senha corretamente.

Sem o cartão, o trabalhador deve buscar informações em qualquer agência da Caixa Econômica Federal. Depois de 30 de junho - prazo máximo para o recebimento - o dinheiro não retirado vai para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

Quem tem direito
Tem direito a receber o PIS neste ano, até o prazo máximo de 30 de junho, o trabalhador que tenha trabalhado com carteira assinada durante pelo menos 30 dias no ano de 2007, recebendo, em média, até dois salários mínimos mensais. A pessoa também precisa ter sido cadastrada no PIS pelo menos desde 2003.

Para garantir o recebimento do abono, porém, é essencial que a empresa na qual o trabalhador atuou tenha informado corretamente seus dados na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) do ano-base 2007.

Nenhum comentário:

Postar um comentário